Insatisfeitos, médicos e pacientes criam alternativas a plano de saúde

Uma das estratégias mais comuns é um médico que não atende um plano de saúde cobrar do paciente com plano não o valor da consulta particular, mas sim a quantia paga como reembolso pelo plano.
Mas como isso funciona na prática? O caso da publicitária Juliana Linhares (nome fictício) é um bom exemplo. Após descobrir um problema no joelho, conseguiu fazer seu tratamento com um ortopedista de confiança apenas porque ele aceitava esse tipo de pagamento. Como não atendia o plano de saúde dela, o médico cobrou o valor mínimo de sua consulta particular (R$ 300) e deu dois recibos, no valor de R$ 150 cada. Juliana pagou e usou as nota dadas pelo médico para pedir reembolso a sua operadora de saúde, que era de R$ 120 para consultas desse tipo.
"No total, recebi R$ 240 do plano. Arquei com a diferença de R$ 60. O ideal, claro, seria não gastar nada, visto que já pago a mensalidade do plano. Mas não encontrei um médico de confiança entre os conveniados. Então, essa foi uma boa alternativa", disse Juliana.
 

Fonte: bbc
 
Acreditamos que o Reembolso Médico realmente é uma boa saída para os pacientes e para os médicos. Uma maneira de trabalhar honestamente e, para o paciente, ter medicina não controlada pelos convênios, que buscam o mais barato e não o melhor. Mas existem maneiras melhores do que fazer dois recibos para chegar ao valor da consulta, como, por exemplo, cobrando-se o retorno.